cotidiano

Quem quer, dá um jeito.

Opa! Tamos aí de novo.

Eu queria ter alguma coisa muito, muito legal pra contar. E eu até que tenho. Não é muito, muito legal de verdade, mas pra mim é.

Quem me conhece um pouco sabe que eu costumo frequentar eventos de Anime. Nada muito assíduo nem doentio, apenas me reúno com alguns amigos e vamos em pequenos grupos/bandos para esse tipo de lugar. O último que eu fui foi domingo agora. E o evento tava uma merda. Então, por que falar dele? Já vai, peraí.

A parte legal não foi o evento. Não foi o calor insuportável que tava fazendo lá no salão principal, a música ridiculamente alta da boate, as luzes piscantes, nem mesmo os cosplays. Tá, talvez alguns cosplays tenham valido a pena. Mas não foi isso. Não pra mim.

Domingo foi um dia, no mínimo, interessante. Revi dois amigos que há anos não via e finalmente conheci pessoalmente um amigo com quem só havia conversado pela internet, embora moremos no mesmo estado. Vi também alguns rostos conhecidos por lá, mas ninguém que me fizesse parar e conversar. Repito, o legal nem foi o evento.

O legal foi ter acordado no domingo com o objetivo de fazer algo diferente. De sair de casa e não pensar muito no que tinha acontecido horas antes; não pensar nas marcas que o dia anterior tinha causado, física ou emocionalmente, não ficar em casa, sozinha, no Facebook ou jogando algum jogo idiota, como sempre. O legal foi sentar e conversar sobre qualquer assunto aleatório, sem compromisso, sem obrigação de achar tudo divertido ou mesmo interessante. Foi um dia em que eu me permiti não ligar pra muita coisa e mesmo assim tentar fazer valer a pena, de algum jeito. Foi uma das melhores fugas da realidade que eu já tive, embora tivesse potencial pra ser um dos dias mais chatos da minha vida.

Pra mim, foi muito bom sentar numa lanchonete por um tempo pra lanchar e falar sobre amenidades. Nada de trabalho, cobranças, brigas ou qualquer coisa (muito) desagradável, apenas colocando o papo em dia, se é que se pode dizer isso considerando uma pessoa que você nunca havia visto. Fazer planos pra novos encontros como aquele, mesmo que eles jamais se realizem. Isso não importa na hora, você está “desestressando”, e é esse o ponto. Se vai acontecer ou não, não importa realmente. Não é hora para falar de problemas. Eles não precisam ser remoídos. Precisam ser resolvidos, e o tempo e o ócio muitas vezes ajudam você a solucioná-los, de uma forma ou de outra. O simples pensar em outra coisa já ajuda, de verdade. Quando você volta a atenção de volta pr’aquele problemão que estava lá, às vezes ele simplesmente não parece mais tão grande assim. E, com sorte, você até tem coragem se encará-lo mais uma vez.

Também foi legal andar por lá olhando e comentando as coisas estranhas que víamos. Provavelmente também tinha gente olhando pra nós e comentando, então estamos quites. E eram assuntos aleatórios. Tamanho de nariz feminino, bundas, chineses gays, lugares melhores pra se estar do que aquele evento, Rock in Rio, memes, entre outros. Não importa o que foi dito. O que realmente importa é o que foi parcialmente esquecido durante aquelas horas.

Estava com três amigos queridos, embora nem sejamos tão próximos, e estávamos ali porque queríamos. Na verdade, não sei se queríamos mesmo ou se não tinha nada melhor pra fazer. Mas pra mim, quem quer, dá um jeito; Quem não quer, dá uma desculpa. E ninguém ali deu desculpa nenhuma, então prefiro acreditar que foi opção. 😀

Quarteto fantástico
Fazendo pose na padaria. Alguém vai me matar por ter escolhido essa foto.

Só espero que o dia tenha valido a pena para os outros também. Pelos sorrisos que vi e que dei, ainda que fossem raros ou não tão puramente felizes… Pra mim, valeu. E muito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s